Síntese: Projeto de Revitalização da Pastoral da Juventude do Continente

A VIDA DOS E DAS JOVENS: UM CAMINHO DE DISCIPULADO E MISSÃO


Objetivo geral:


Revitalizar o processo da Pastoral da Juventude - ação evangelizadora com e desde os jovens - partindo da vida dos e das jovens da América Latina em seus diversos contextos, a partir de uma profunda experiência de conversão pessoal, pastoral e eclesial, para que se gere a atualização das orientações pastorais como caminho de discipulado missionário para dar vida aos nossos povos.



Ano


2008

ENCANTAR

2009

encantar/ESCUTAR


2010

encantar/escutar/

DISCERNIR


2011

encantar/ escutar/ar/ discernir/ CONVERTER/ COMOVER-SE




Movimento Pedagógico

Aproximar e convocar os/as missionários/as – todos/as jovens e adultos, bispos, leigos/as, padres/religiosos/as.


Ele chamou a quem quis”. “Chamou-os pelo nome (Mc 3, 13-19

Sair em missão no mundo juvenil/criar meios de escutar e provocar a fala/registrar


Chegou junto dele e ao vê-lo teve compaixão e aproximando-se curou-lhe as feridas” (Lc 10,33)

Discernir o caminho como discípulos de Jesus Cristo/estudar a partir das ciências a escuta feita.


Interpelou-os e lhes explicou as Escrituras”. “Sentado à mesa, com eles, tomou o pão, abençoou-o e lhes deu” (Lc 24, 25-30)

Voltar ao caminho com a Boa Notícia do Ressuscitado/organizar com os jovens respostas de acordo com o discernimento/estudo feito no caminho.


Então desapareceu. Naquele mesmo instante puseram-se a caminho e voltaram”. “Apresentou-se nomeio deles e lhes disse: ´não tenham medo´” (Lc 24, 31-39)





Objetivo

Motivar pessoas e grupos a envolver-se no processo de revitalização do caminho de evangelização da juventude no continente, a partir dos e das jovens, de nossa conversão para discernir as propostas que afetam a vida dos povos do continente

Encontrar, deixar falar e escutar os e as jovens em seus lugares vitais concretos, do jeito deles/as, para compreender suas perguntas, suas buscas e seus mundos internos.

Fazer o registro.

Discernir, a partir dos/as jovens as situações concretas, identificando as estruturas que afetam a juventude, para clarear nossa proposta como discípulos de Jesus, iluminados pelo Evangelho, a doutrina social e pelo caminho feito pela igreja jovem.

Implementar a ação pastoral a partir da proposta da PJ iluminada por Aparecida.

Revitalizar a ação evangelizadora com e junto aos/`as jovens para que sejam sujeitos desta construção.














Ações

1. Planejar o caminho.

2..Ler as orientações da PJ do continente para afirmar que temos já um caminho e identificar as novidades.

3. Estudar o documento de Aparecida para discernir o espírito que nos convoca para a missão junto aos jovens.

4. Convidar pessoas que estão no processo da PJ para fazer parte, de alguma forma, apoiando a equipe de revisão das orientações, para fazer parte do movimento de aproximação junto aos e às jovens.

5. Criar uma equipe de apoio para um trabalho mais coletivo.

6. Elaborar um projeto que integre as ações e que clareie o papel de cada uma das instâncias, com previsão dos gastos financeiros.

1.Sistematizar as contribuições dos países para delinear um olhar diferenciado das realidades vitais e estruturas sociais presentes nos jovens do continente.


2.Acompanhar a realização do 16º ELARNPJ.


3. Confrontar a prática da PJ na América Latina com o caminho pedagógico proposto por Jesus Cristo a seus discípulos missionários.

Difundir nos países as conclusões do 16º ELARNPJ visando verificar se elas refletem com fidelidade as realidades expressas por eles no momento anterior.

1.Tomar em conta o olhar realizado no 16º ELARPJ para criar uma hermenêutica a partir das Ciências Sociais, doutrina da Igreja e o discernimento a partir do Evangelho.


2.Sistematizar as contribuições das diferentes Conferências.


3.Apresentar uma primeira proposta das orientações.


4.Realização do Congresso.


5.Discernimento para ver se a proposta responde aos gritos e às situações vitais da juventude. Trabalhar esta proposta como documento final.

1.Apropriar, difundir, socializar as orientações da PJ Latino-Americana.


2.Construir e recuperar instrumentos apropriados que respondam à juventude local.


3.Implementação nos países e regiões da proposta latino-americana.


4.Tornar conhecida a proposta da PJLA junto aos bispos, presbíteros e leigos/as jovens e adultos/as.

PLANO APLICADO EM CADA GRUPO

A partir da realidade dos/as jovens, das assembléias, das orientações da Igreja local/congregação e do Brasil propor o caminho.

Organizar o caminho a ser feito – visitas aos jovens, organizar oficinas, rodas de conversas, espaços de escutas diversos e com criatividade. Criar uma “Ouvidoria Jovem”.

A partir dos registros realizados organizar grupos de estudo e pesquisa sobre a condição juvenil desde o local ate o âmbito latino americano.

Compreendido melhor a realidade juvenil e as estruturas da sociedade hoje, buscar as respostas em conjunto de modo que os jovens sejam sujeitos – assembléias, congressos, fórum, encontros – para encontrar os caminhos desta ação evangelizadora junto e com os jovens.

Cada grupo/congregação/ paróquia/ diocese/regional/nacional possa rever seu movimento – tendo como objetivo a revitalização da ação evangelizadora a serviço da vida da juventude no continente.


Ċ
Anchietanum - Centro de Juventude,
29 de jan de 2010 11:48
Comments